11 99659-7705 ou 4702-3097

SPARK: aglomerado de cortiça com um disco de 10mm de cortiça natural na parte inferior. Para espumantes. São rolhas feitas para aguentarem a pressão e são colocadas de uma só vez.

NATURAL: é a cortiça recomendada para vinhos de guarda e aqueles que necessitam estagiar em garrafa. São feitas normalmente de cortiça pura . Através das fibras e porosidade da cortiça o vinho troca ” aromas ” com o meio.

TWIN TOP: rolha de aglomerado com dois discos, 2mm, de cortiça para vinhos de média guarda. São utilizadas em vinhos que devem ser consumidos mais jovens.

AGLOMERADA: feita da junção de pequenas partes da cortiça prensada. Para vinhos de consumo rápido.Essas são utilizadas em vinhos que normalmente não passaram por madeira  e são consumidos rapidamente.

SILICONE: material sintético e inerte. Para vinhos de consumo rápido. São usadas em vinhos mais simples de fácil consumo. Há quem diga que o silicone dá uma aparência de desvalorização do vinho. Pouco utilizada.

T CORK: cortiça natural envolvida em plástico ou madeira. Para uso de vinhos fortificados e bebidas espirutuosas. São rolhas que são abertas sem o uso de saca-rolhas. Como são muito utilizadas em vinhos fortificados , não necessitam de ser interiças e tem uma capa plástica por fora.

SCREW CAP: feita em metal e rosqueada. Para vinhos de consumo rápido. Mas estas rolhas têm uma cápsula por dentro para vedar e proteger o vinho. São uma uma tendência no mundo atual e ganha cada vez mais espaço.

Temos ainda a rolha de vidro. Muito rara, aparece em alguns vinhos europeus pouco conhecidos.

tipos-de-rolhas-copy-copy