11 99659-7705 ou 4702-3097

Há vinhos e vinhos. Mas alguns  são inesquecíveis . É o caso destes três que provei há alguns dias atrás. Chateau Latour  1970, Chateau Palmer 2001 e Champagne  Cuvée William Deutz, 1996. Antes um pouco de história sobre os produtores .

Champagne Cuvée Willian Deutz – 1996- produtor da região de Ay, fundada em 1838. Este Cuvée  é um dos melhores Champagnes da fantástica safra de 1996. A coloração é dourada brilhante. Intenso perlage com bolhas pequenas e delicadas. Aromas de frutas frescas brancas como pêssego e toques florais. Na boca , se mostra com bom corpo, com final elegante , com toques de mel e frutas como pêssego, e pêra. Mesmo com 18 anos , estava espetacular, exibindo toda a personalidade de Deutz.20140203_081107

Chateau Latour – Vinho clássico de Pauillac , principalmente de Cabernet Sauvignon, cerca de 80%,. A região tem solo profundo de cascalho o que contribui para um vinho estruturado, fresco.Talvez seja o mais longevo dos premiers crus. Aromas de cassis , cedro, ameixas pretas. Na boca vinho equilibrado, boa acidez, taninos macios ,  frutas negras como o cassis e ameixas. Mesmo este vinho de 1970 estava maravilhoso. Para ser tomado sem acompanhamentos pois ele próprio se basta. Vinho muito equilibrado.

Chateau Palmer – situado na região de Margaux, esta vinícola foi criada pelo Major inglês, Charles Palmer, que hoje pertence a um consórcio de empresas holandesas e inglesas e francesas. Recebe uma grande quantidade de Merlot em seu blend. A safra 2001 , que degustamos está entre uma das suas melhores. Aromas de frutas negras, cassis, defumado e couro. Na boca, vinho encorpado, bastante frutas negras, toque de tabaco. Vinho maravilhoso, que mesmo tendo cerca de 12 anos, ainda segura muitos outros na garrafa, pois tem muita fruta em sua estrutura. Harmoniza bem com pratos como carne assada, gordurosos.

Qualquer encontro com estes vinhos será uma grande  e inesquecível experiência.

20140201_134135