11 99659-7705 ou 4702-3097
Jean – Luc Thunevin – ABS

Jean – Luc Thunevin – ABS

A  ABS-SP , Associação Brasileira dos Sommeliers, recebeu na última quarta -feira , Jean- Luc Thunevin, para comandar a degustação de seus vinhos.Foi um evento maravilhoso que estivemos presente , e vamos relatar neste artigo. Primeiramente um pouco sobre o produtor .20140319_212845

Jean – Luc Thunevin, é um produtor de Bordeaux – França, que se notabilizou pelo seu vinho mais famoso, Château  Valandraud. Ele é considerado o pai do  movimento  ” Vinhos garage “. Ele comprou inicialmente  0,6 hectare  em St Émilion e produzia o vinho em sua garagem , por isso o termo. O vinho feito de forma artesanal na maregm direita  de Bordeaux, tem rica concentração e volumes pequenos. Com ótimas notas do crítico Robert Parker, estes vinhos foram colocados na posição de ” vinhos boutique “, e valorizaram o prestígio da região. O responsável, pela difusão deste movimento foi Jean-Luc Thunevin, a partir de 1991, com a produção do seu primeiro lote em sua garagem.

O destaque é o vinho Château Valandraud, sempre feito com safras pequenas, seleção rigorosa, barris novos. Com as boas safras se sucedendo, foi permitido a Jean -Luc Thunevin  e sua esposa ( responsável pela elaboração do vinho ), ampliarem as terras , equiparem e aumentarem a produção.

Na noite foram desgustados 7 vinhos de Jean – Luc, conforme  relação. Mas destacaram -se um branco de Bordeaux e mais 3 tintos , entre eles o grande Châteaux Valandraud, 2009. Vamos aos vinhos :

– Blanc Valandraud -2008. Vinho Branco, amarelo palha. Aromas de pêssego, melão, pêra e panificação. Na boca; damasco, ^pêra, boa acidez e permanência de boca.

– Château Compassant- 2004 . Vinho tinto com tons alaranjados. Aromas terciários de tabaco, tostado, couro e frutas negras. Na boca; também mostra a sua evolução com frutas negras, tabaco e tostado.

– Château Fleur Cardinale – Grand Cru- 2009. Vinho tinto de cor rubi intenso. Aromas de frutas negras, pimenta preta, e chocolate. Na boca, frutas negras, tostado, taninos macios, porém bem pronunciados. Ótima acidez.20140319_213749

-Château Valandraud – 1er Grand Cru Classe -2009. Vinhos tinto de cor rubi violáceo. Aromas de frutas vermelhas e negras, pimenta preta e toque mentolado. Na boca , frutas vermelhas, tanino fino , ótima acidez, provando que é um vinho para ser tomado, daqui há mais 8 ou 10 anos. Maravilhoso, de safra estupenda, 2009.

 

 

20140319_213641

 

Curso Vinhos Bourgogne – Jean Claude Cara

Curso Vinhos Bourgogne – Jean Claude Cara

 

Estivemos no Curso de Vinhos da Bourgogne , ministrado por Jean Claude Cara, na quinta-feira, 28/11, em São Paulo. Jean Claude, um franco-brasileiro, Chef de Cozinha , Enólogo, que hoje vive em Beaune, e produz um vinho ” garage “, o Elephant Rouge. Também dá consultorias e faz eventos turísticos de enogastronomia em Bourgogne.

Mas vamos aos vinhos degustados no curso :

1) Um espumante francês, Cremant de Bourgogne – Parigot : com aromas  de damasco, amanteigado, próprio da uva 20131128_224601Chardonnay

2) Um Chablis  Premier Cru – Les Valloins – Sebastien Dampt: bastante frutado, maracujá, pêssego, abacaxi.

3) Maison de La Cabotte, um tinto de Savigny-Les – Beuane-  frutas negras, ameixa, mirtillo. Vinho com potencial de guarda de cerca de 8 anos. Safra 2010

4) Mazoyeres – Chambertin – Grand Cru – Domaine Tupenot -Merme – tinto de taninos equilibrados, frutas negras, especiarias, toque de tabaco , ameixa. Grande potencial de guarda.

5) Com o jantar , um Bouef Bourguignom -foi servido um vinho Bourgogne  Hautes Cotes de Nuts – Les Genevriéres- Domaine de Montman – Safra 1989- com taninos macios, equilibrado, aromas de framboesa, frutas negras, aromas terciários de floresta, caça. Na boca framboesa, frutas negras, alcaçuz. Combinando perfeitamente com o prato servido.

6) Por último Jean Claude, abriu uma garrafa do Gamay du Futur, Chateau Vilars Fontaine, safra 1999 – Um Gamay, 20131128_223050envelhecido, com 28 dias de maceração. Estava maravilhoso, com aromas terciários, taninos sedosos e frutas negras em compota.

Tivemos a oportunidade de provar vinhos  com características diferentes do que se vê no mercado, maravilhosos e exclusivos.

Abaixo o contato de Jean Claude Cara, para quem quiser conhecer um pouco mais do seu trabalho :

www.brasilbourgogne.fr

cara@brasilbourgogne.fr

Alguns destes vinhos podem ser encontrados com o organizador do evento :

Vinho Clic – Fábio Barnes

www.vinhoclic.com.br

 

 

20131128_23084220131128_211358

 

Os 50 Melhores Vinhos de Portugal para o Brasil

Os 50 Melhores Vinhos de Portugal para o Brasil

A Viniportugal, divulgou na semana passada, 25 de Setembro, em um evento realizado em São Paulo , a lista dos 50 melhores vinhos de Portugal para o Brasil. A lista foi elaborada , pelo Master of Wine , Dirceu Viana Júnior. As escolhas demonstraram uma grande variedade de preços , com um estilo homogêneo bem ao gosto do público brasileiro. Destaque para o Vinho Branco Conceito e o Redoma.

Entre os tintos podemos destacar os já aclamados Cartuxa, Quinta do Vallado, Vinha Pan ( de Luís Pato ),Quinta do Perdigão.

Nos fortificados destacamos os vinhos do Porto Graham’s 30 anos e o Burmester Porto Colheita 1963,com ótima acidez, toques de amêndoas, frutas secas  e mel. Sabores de chocolate, brandy, tostado e caramelo.

O vinho Moscatel Rôxo da Quinta da Bacalhôa, é outro destaque. Aromas suaves de frutas secas, mel , e caramelos. Na boca tem ótima acidez, com sabores de caramelo, baunilha, frutas em compota e bom equilíbrio em álcool e doçura .

Na relação temos preços de R$ 25,00 a mais de R$ 200,00. Muitos dos vinhos são trazidos por importadoras já tradicionais no mercado, como Adega Alentejana, Mistral, Decanter, Casa Flora entre outras.

Lista dos 50 melhores Vinhos de Portugal para o Brasil e suas importadoras

 

 Vinhos Brancos

1 Covela Escolha Branco, 2012 – Magnum Importadora

2. Quinta da Levada, 2012

3. Soalheiro, 2012 – Mistral

4. Quinta de Gomariz Grande Escolha, 2012 – Decanter20130925_174008

5. Casa da Senra, 2012

6. Tapada dos Monges, 2012 – Garrafeira Real e Fadaleal Supermercados

7. Muros Antigos, 2012 – Decanter

8. Portal do Fidalgo, 2011 – Casa Flora Ltda

9. Muros de Melgaço, 2011 – Decanter

10. Royal Palmeira, 2009 – Idealdrinks & Gourmet

11. Quinta da Fonte do Ouro Encruzado, 2011 – Adega dos 3

12. Morgado de Santa Catherina, 2010 – Wine .com

13. Redoma Reserva, 2011 – Mistral

14. Conceito Branco, 2010 – Épice

15. Cortes de Cima Trincadeira, 2011 – Adega Alentejana

16. Terra D’Alter Touriga Nacional, 2010 – Obra Prima Importadora

17. Herdade da Pimenta Grande Escolha, 2010 – RJU Comércio e Beneficiamento de Frutas e Verduras

Vinhos Tintos

18. Tinto da Talha Grande Escolha, 2009 – Adega Alentejana

19. Canto X, 2009

20. Cartuxa, 2009 – Adega Alentejana

21. Cortes de Cima Reserva, 2009 – Adega Alentejana

22. Dona Maria Reserva, 2008 – Decanter Vinhos

23. Conde D’Ervideira Private Selection Tinto, 2008 – Intercom Comércio Internacional

24. Aliança Bairrada Reserva, 2011

25. Vinha Pan, 2009 – Mistral

26. Marquesa de Alorna Reserva, 2009 – Adega Alentejana

27. Julia Kemper, 2009 – Gracciano Com. Imp. Exp. Bebidas

28. Quinta Fonte do Ouro Touriga Nacional, 2009 – Adega dos 3

29. Casa da Passarela Vinhas Velhas, 2009 – Vinica

30. Quinta do Serrado Reserva, 2009

31. Quinta do Perdigão Touriga-Nacional, 2008 – Mistral

32. Quinta da Bica Reserva, 2005 – Gianno Import

33. Quinta do Vallado Reserva Field Blend Douro Tinto, 2011 – Cantu

34. Quinta da Casa Amarela Grande Reserva, 2011 – Winemundi

35. Casa Ferreirinha Callabriga, 2010 – Zahil Importadora

36. Quinta do Crasto Reserva Vinhas Velhas, 2010 – Qualimpor20130925_174343

37. Pintas, 2010 – Adega Alentejana

38. Poeira, 2010 – Mistral

39. Batuta, 2010 – Mistral

40. Passadouro Touriga Nacional, 2010 – Adega Alentejana

41. Quinta do Pessegueiro, 2010 – World Wine

42. CV-Curriculum Vitae, 2010 – Worldwine

43. Quinta de la Rosa Reserva, 2009 – Ravin

44. Chryseia, 2009 – Mistral

45. Quinta do Noval Touriga Nacional, 2009 – Adega Alentejana

46. Quinta do Portal AURU, 2009 – Wine & Roses / Chaves & Oliveira

Vinhos Fortificados 

47. Bacahalhôa Moscatel Roxo, 2001 – Portus Cale Exp. Imp.

48. Justino’s Madeira Colheita, 1995 – Porto a Porto / Casa Flora

49. Graham’s Tawny 30 anos – Mistral

50. Burmester Porto Colheita, 1963 – Adega Alentejana

20130925_173606

Vinhos Curso de Itália – ABS

Vinhos Curso de Itália – ABS

A ABS – SP promoveu mais uma aula do Curso de Itália – Ilhas de Sardenha, Sicília e Puglia. A uvas tradicionais destas regiões são : Nero d’Avola, Negroamaro, Nerello Mascallese e  Primitivo di Manduria . Esta região também é responsável pela produção de alguns vinhos brancos interessantes feitos com as seguintes uvas :  Grillo, Inzonia, Greco di tufo, Chardonnay  e Moscatel .

Vinhos de destaque degustados :

Primitivo di Manduria – Macchia 2009 : cor rubi e tons alaranjados, aromas de frutas maduras , ameixas, especiarias, chocolate. Taninos macios e equilibrado. Importadora Tahaa .Preço : R$ 70,00.

Negroamaro F Salento : vinho da região da Puglia. Cor rubi intenso com reflexos violáceos. Aromas de frutas vermelhas maduras , toque defumado. Taninos macios e encorpados. Ideal  para acompanhar carnes assadas e massas com molhos consistentes. Importadora World Wine La Pastina . Preço : R$ 181,00

Due Lune – Nerello Mascallese e Nero D’ávola : este vinho tem uma particularidade , chama-se duas luas, pois a uva Nero d’Avola é colhida antes e no outro ciclo lunar colhem a Nerello.Cor ; rubi intenso. Aroma de frutas vermelhas e couro. Na boca : vinho encorpado, boa acidez. Importadora Casa Flora. Preço : 117,00.

Ainda teremos mais duas aulas dos cursos de Itália, no começo de Outubro e outra no começo de Novembro. Informações pelo site : www.abs-sp.com.br.

20130904_21134820130904_212118

 

 

Vinhos do Alentejo

Vinhos do Alentejo

Hoje estive na degustação aberta dos vinhos de Alentejo, Portugal. O evento aconteceu no hotel Caesar Park, em São Paulo. Estavam presentes alguns produtores desconhecidos e outros famosos e mais populares. Dentre estes últimos podemos destacar o Cartuxa, Herdade do Peso e os vinhos de Paulo Laureano.

Paulo Laureano trouxe o tinto Premium, de ótima relação custo benefício, com aromas de frutas negras e especiarias, R$ 57,00, na  Adega Alentejana .

Entre os produtores menos conhecidos, podemos destacar duas agradáveis surpresas, Herdade Paço do Conde e Monte da Capela. O primeiro trouxe um tinto muito frutado, com a mistura de 4 uvas entre elas Aragonez e Cabernet Sauvignon . Preço : 35,00.

O Monte da Capela , trouxe duas versões do tinto Terras de Pias. Um muito frutado, simples , com frutas vermelhas e o outro com 6 meses de passagem por carvalho, corpo leve, e ótimo custo benefício. Preços : R$19,00 eR$ 29,00 , respectivamente.

Para quem quiser maiores informações , tels das importadoras abaixo :20130903_183112

Adega Alentejana : 5044-5760

Porto importadora (047)  3263 0006

 

 

Circuito Brasileiro de Degustação

Circuito Brasileiro de Degustação

Os vinhos brasileiros estiveram presentes no Circuito Brasileiro de Degustação , realizado na sede da Fecomércio , nos dias 22 e 23 de Agosto de 2013 e nós também. Estavam lá praticamente todos os representantes das vinícolas brasileiras, grandes , médias e pequenas.

A Casa Salton apresentou como destaque o espumante Gerações, médio corpo , elegante, frutado, cítrico – R$ 60,00. Entre os tintos o Salton Desejo  , revela  a tradição. O tinto Paulo Salton, um blend de Cabernet Sauvignon, Merlot e Cabernet Franc se revela um vinho encorpado e com estrutura.

Mas entre vários vinhos provados venho destacar duas vinícolas menores. Uma delas a Quinta Don Bonifácio; casa nova com 4 anos, de Caxias do Sul. Vale a pena o espumante Habitat Brut, eleito o melhor espumante brasileiro na Expovinis .Muito refrescante, boa acidez e aromas cítricos e final adocicado. O espumante brut, muito agradável, cítrico e de boa acidez. Preço : R$ 35,00

Há também o Pinot  Noir , Habitat, floral, leve, muito frutado. Preço R$ 40,00.

Outra vinícola é a Routhier & Darricarrere, produz um Chardonnay  amarelo dourado,  muito amanteigado , frutas brancas  e em compota como damasco . Na boca médio corpo. Preço –  R$ 37,00. Tem também um tinto de cabernet Sauvignon com Merlot bem  frutado – R$ 20,00.

A vinícola familiar Sozo, trouxe espumantes e vinhos interessantes. Destaque para um blend de Cabernet Sauvignon, Merlot e Petit Verdot, ideal para acompanhar carnes assadas.

A maioria das vinícolas vende diretamente ao consumidor, telefones abaixo :

Vinícola Salton : (54) 2105-1000

Vinícola Quinta Don Bonifácio : ( 54) 2101-8244

Vinícola Routhier Darricarrere : (55) 9702-5452

Vinícola Sozo : (54) 3231-1759

20130822_185020-jpg20130822_175610-jpg